Bons ventos sopram para a Red Hat

Com a chegada da Red Hat Summit e da JBossWorld não faltam boas notícias vindas da maior provedora de serviços em código aberto do mundo. A empresa segue com novidades e é o centro das atenções, tanto no campo financeiro como no de desenvolvimento de software.

A primeira notícia vem do próprio CEO da empresa, que anunciou um faturamento recorde para o ano fiscal de 2011, na marca dos 900 milhões de dólares e ainda se aventurou a prever que a companhia segue em um caminho livre para se tornar “a primeira empresa que lida puramente com código aberto a alcançar 1 bilhão de dólares em faturamento durante o próximo ano fiscal”, um marco para toda a comunidade de código aberto.

Essa notícia vem em contradição à previsões da empresa de análise financeira, JP Morgan, que em avaliação recente rebaixou as ações da empresa. O motivo dessa negatividade estava na incerteza do crescimento da Red Hat no mercado de virtualização e computação em nuvem frente à competição contra a VMware e possíveis ameaças da Microsoft, Citrix Systems e Oracle. Interpretações que se provaram equivocadas, diante da recente subida do preço das ações da Red Hat.

No campo da tecnologia a Red Hat vem trazendo à luz seus últimos desenvolvimentos e tem igualmente impressionado. Já relatamos aqui o desenvolvimento de um novo SDK, e a entrevista com o líder do desenvolvimento das principais iniciativas em Java. Agora a Red Hat está oferecendo aos interessados o acesso antecipado à sua nova tecnologia JBoss Enterprise Application Platform 6, desenvolvida sobre a aplicação de código aberto JBoss Application Server 7. Essa nova plataforma traz uma série de melhorias, como a implementação de tecnologias Java EE 6, compatibilidade com ambientes de computação em nuvem e de Plataforma como Serviço (PaaS), além de outras melhorias de performance.

Se você se interessar, basta acessar http://www.jboss.com/eap6-early-access para se inscrever no programa e ter acesso ao código antecipado.

No campo do código aberto, anunciou seu novo produto OpenShift, uma PaaS desenvolvida especialmente para as necessidades de desenvolvedores em código aberto. Essa plataforma se baseia na tecnologia da Makara, uma empresa comprada pela Red Hat no ano passado. Pensada como uma ferramenta que permite o gerenciamento de aplicações na nuvem, o OpenShift permitirá que os operadores e desenvolvedores controlem toda a estrutura de aplicações, entrega e instâncias dos serviços em nuvem. Contudo, o produto ainda não está disponível comercialmente.

Você pode ter acesso a uma demonstração para desenvolvedores através do site http://openshift.redhat.com/app/.

Fonte: bussineswire.com, linuxuser.co.uk e h-online.com, em inglês.

Fonte: http://www.linuxnewmedia.com.br/lm/noticia/bons_ventos_soprando_da_red_hat

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s