Homem andou ereto antes do que se pensava

Análise de pegadas com mais de 3 milhões de anos revelam que a postura do homem moderno surgiu muito antes do que se imaginava.

Cientistas da Universidade de Liverpool analisaram novamente antigas marcas achadas em Laetoli, na Tanzânia, e concluíram que as características das pegadas humanas modernas surgiram 2 milhões de anos antes do que se pensava.

Alguns estudos mostravam que essas características, como a habilidade de empurrar o chão com o dedão e uma postura bípede completamente ereta, surgiram nos primeiros Homos, há 1,9 milhões de anos.

Os pesquisadores de Liverpool, no entanto, comprovaram que um ancestral humano já apresentava esses traços há 3,7 milhões de anos.

As 11 pegadas de Laetoli foram feitas por um Australopithecus afarensis e são os traços mais antigos de primatas próximos ao homem. Os cientistas fizeram imagens tridimensionais dessas marcas e as compararam com dados de estudos sobre pegadas e também com pegadas modernas.  Simulações de computador previram como seriam as marcas deixadas de diferentes posturas do primata.

O resultado? Ao invés de um andar corcunda, com o solo sendo empurrado pelo meio do pé, os primatas Australopitecus que deixaram as pegadas caminhavam eretos, empurrando o solo com o dedão, como o homem moderno.

Os achados são importantes porque os pesquisadores acreditam que a maneira de caminhar foi determinante para a saída do homem da África.

Fonte:http://info.abril.com.br/noticias/ciencia/homem-andou-ereto-antes-do-que-se-pensava-22072011-17.shl

 

 

 

 

 

 

 

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s