Aeroportos terão máquinas de alimentos

 

Quinze aeroportos brasileiros contarão, até o final do ano, com máquinas automáticas de alimentos e bebidas. As máquinas poderão oferecer café, salgadinhos, refrigerantes e água, mas bebidas alcoólicas estão fora dessa iniciativa anunciada esta semana pela Empresa Brasileira de Infraestrutura Aeroportuária (Infraero).O objetivo da novidade é oferecer ao público opções mais baratas de alimentação, em relação à média de valores praticados nas lojas dos aeroportos. “Nessas máquinas, o valor é mais baixo. A ideia é forçar a redução dos preços”, afirma o diretor comercial da Infraero, Geraldo Moreira Neves.

A concessão de áreas ocorrerá por meio de licitação. A Infraero estabeleceu a cobrança de R$ 500 mensais, por máquina. O valor inclui também a concessão de uma pequena área de depósito. Os preços dos produtos oferecidos ao público terão de ser semelhantes aos praticados no mercado local (e não aos preços dos aeroportos). “Se isso não for cumprido, pode ser objeto de rescisão contratual”, destaca Neves. Segundo ele, os demais estabelecimentos comerciais instalados nos terminais não poderão reclamar, pois não têm direito de exclusividade.

Ao todo, serão 143 máquinas distribuídas nos aeroportos de Guarulhos, Congonhas e Viracopos (SP); Galeão e Santos Dumont (RJ); Confins e Pampulha (MG); Fortaleza; Recife; Brasília; Cuiabá; Manaus; Salvador; Porto Alegre e Curitiba. As concessões serão realizadas por lotes. Quem vencer a licitação para atuar no aeroporto de Recife, também operará em Fortaleza, por exemplo. As máquinas serão distribuídas tanto nas áreas de acesso geral ao público como nos setores de embarque, que têm acesso restrito, explica Neves. Posteriormente, a possibilidade de implantação das máquinas automáticas será ampliada aos demais aeroportos administrados pela Infraero.

“O vencedor precisará ter um técnico atendendo 24 horas por dia, abastecimento diário, logística e manutenção preventiva”, afirma Neves. Além de notas e moedas, a Infraero espera que as empresas instalem máquinas que aceitem, também, pagamento por meio de cartão de crédito. O processo de licitação, na modalidade de pregão presencial, terá a abertura das propostas no dia 16 deste mês, em Brasília. Se não houver percalços no cronograma, as máquinas estarão operando no início de novembro.

Fonte:http://info.abril.com.br/noticias/ti/aeroportos-terao-maquinas-de-alimentos-06082011-5.shl

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s